Por Revista QB

3CD0A125-3040-42A3-9A6B-37959FC05CDF (1).png

Ao concluir um curso ou participar de eventos como conferências e palestras, grande parte das instituições e plataformas de ensino oferecem diploma ou certificado. Os documentos servem como comprovante das horas cumpridas e como experiência profissional no currículo. Se você é estudante, os documentos ainda podem valer horas complementares. Para obtê-los, é necessário fazer a solicitação na instituição responsável. Tanto o diploma quanto o certificado podem ser utilizados como comprovantes. No entanto, eles possuem diferenças significativas. Veja a seguir quais são elas e fique por dentro das características de cada documento:

Certificado

O dicionário Michaelis define a palavra certificado como um documento que tem a função de atestar ou certificar a exatidão de alguma coisa.

Na área da educação, é utilizado para garantir a participação em cursos, palestras, congressos, conferências e simpósios. Além disso, pode ser utilizado como comprovante de conclusão de curso, enquanto o diploma não é emitido.

O documento é emitido segundo as regras e políticas de cada instituição organizadora, sem a necessidade de um órgão regulamentador.

Diploma

Segundo o Ministério da Educação (MEC), diploma é um documento que "atesta a conclusão de um curso superior e assegura os direitos destinados à carreira profissional desse nível" em território nacional.

formatura.jpg

O documento também confere títulos como bacharel, licenciado, pós-graduado, mestre e doutor aos solicitantes. No entanto, para ingressar nos cursos de pós-graduação e obter os demais títulos é necessário ter o diploma de graduação.

Para ser válido, o diploma deve ser emitido gratuitamente pela instituição de ensino na qual o estudante cumpriu ou está cumprindo um curso reconhecido e regulamentado pelo MEC.

Saiba mais sobre a Unincor e conheça também a opinião dos alunos na página de avaliação da universidade.