Por Revista QB

Para quem está a procura de um curso superior visando melhores oportunidades na carreira, acompanhar as pesquisas sobre o mercado de trabalho é muito importante, principalmente as pesquisas regionais, afinal, isso poderá indicar o andamento das áreas de interesse.  

Uma excelente informação para se ter são os dados de contratação, tanto o número geral de contratações (que considera rotatividade, aposentadorias, etc) quanto o número de criação de novos postos de trabalho (que pode indicar o crescimento das áreas). E são essas informações que os analistas de inteligência da plataforma de inclusão de alunos no ensino superior, Quero Bolsa, compartilharam com a Revista QB.

 

nurse-2141808_1280.jpg

O Quero Bolsa fez um levantamento de profissões que mais empregaram em 2018 com base nos dados fornecidos pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) acerca de contratações formais de nível superior ocorridas no último ano.

Veja abaixo a lista com as 10 profissões que mais empregaram em 2018:

Analista de Desenvolvimento de Sistemas
Número de contratações: 51.102
Curso: Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Enfermeiro
Número de contratações: 50.495
Curso: Enfermagem

Farmacêutico
Número de contratações: 41.257
Curso: Farmácia

Administrador
Número de contratações: 34.456
Curso: Administração

Analista de Recursos Humanos
Número de contratações: 18.557

Curso: Psicologia e Recursos Humanos

Contador
Número de contratações: 18.037

Curso: Ciências Contábeis

Analista de Suporte Computacional
Número de contratações: 15.562

Curso: Sistemas de Informação e Ciência da Computação

Analista de Negócios
Número de contratações: 13.512

Curso: Engenharias, Administração e Processos Gerenciais

Programador de Sistemas de Informação
Número de contratações: 13.116

Curso: Sistemas da Informação, Engenharia da Computação, Ciência da Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Médico Clínico
Número de contratações: 12.587

Curso: Medicina

Duas curiosidades muito importantes sobre a profissão que mais empregou em 2018: a profissão tem um salário médio inicial de R$ 3473,55 e é possível realizar a graduação tecnológica em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pagando mensalidades a partir de R$118,00.

Esse mesmo levantamento feito pelo Quero Bolsa apontou também quais as profissões apresentaram um aumento significativo na criação de novos postos de trabalho.

Veja abaixo quais são as profissões que mais criaram novos postos de trabalho em 2018:

Sem título.png

Saiba mais sobre a Unincor e conheça também a opinião dos alunos na página de avaliação da universidade.