Por Revista QB

aparelho saudeSe você tem interesse em trabalhar na área da Saúde, mas também se preocupa com quanto irá receber por mês, veja essa lista com os salários dos 11 cursos mais procurados do Brasil e facilite seu processo de escolha.

A lista foi elaborada com base nas pesquisas dos usuários da plataforma Quero Bolsa. Já os salários utilizados como referência são de 2018, disponibilizados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

 

 

  1. Enfermagem: R$ 3.211,23 mil 

O profissional da área de Enfermagem é responsável por prevenir e restabelecer a saúdedas pessoas. Para isso, técnicas de como compreender o estado de saúde do paciente são desenvolvidas durante os cursos necessários para atuar nesse segmento. Após a formação, o profissional pode atuar em instituições públicas ou privadas.

O salário médio utilizado como referência é dos enfermeiros que cursaram o Ensino Superior. O salário pode variar entre R$ 944,2 e R$ 5.945,9  em outras funções ou níveis de formação. 

  1. Educação Física: R$ 1.409,88 mil 

O educador físico tem como função promover a saúde das pessoas por meio do auxílio eensino de práticas corporais. Os cursos de licenciatura ou bacharelado são responsáveis por capacitar o profissional para essas funções.

bacharel pode atuar como autônomo em academias, escolas de esporte, órgãos públicos, clubes, hotéis e clínicas médicas. Já o licenciado atua como professor de Educação Física em instituições de ensino.

A média salarial utilizada tem como base os contratados em 2018 com Ensino Superior completo, na função de preparador físico, que obteve o maior número de contratações no período. Em outras funções ou especializações, o salário pode variar entre R$ 1.311,31 e R$ 1.948,22. 

  1. Psicologia: R$ 2.360,81 mil 

A área de Psicologia forma profissionais capazes de prevenir e tratar doenças mentaisdistúrbios emocionais e de personalidade. Técnicas para identificar e interpretar as atitudes e sentimentos dos pacientes são trabalhadas no curso de bacharel em Psicologia. 

Os formados podem exercer a profissão nas áreas criminal, hospitalar, educacional, esportiva, organizacional, social e de trânsito, e/ou em locais como hospitais, centrosesportivos, escolas e empresas privadas. 

O salário utilizado como média é do psicólogo clínico. A remuneração pode variar entre R$ 1.676,33 R$ 3.058,01, de acordo com a área de atuação e nível de formação do profissional. 

  1. Fisioterapia: R$ 2.394,53 mil 

O profissional de Fisioterapia atua para prevenir e reabilitar a capacidade física das pessoas por meio de sessões de terapia. Para isso, o curso bacharelado qualifica os alunos para realizar o diagnóstico e tratamento ideal para cada pessoa.

Após a conclusão do curso, é possível trabalhar nas áreas da saúdeeducação, e de serviços sociais, em clínicas, escolas, clubes, comunidades e indústrias.

A média salarial utilizada foi do profissional, com formação superior, de Fisioterapia Geral. Nas demais especialidades o salário pode variar entre R$ 1.658,07 e R$ 2.543,42. 

  1. Nutrição: R$ 2.558,53 

O segmento de Nutrição é responsável por intermediar a relação do homem com a alimentação. No curso, os alunos aprendem a como prescrever e supervisionar dietas e o preparo de alimentos, a identificar deficiências nutricionais e a saber como a alimentação afeta o corpo humano.

mercado de trabalho para esse profissional consiste nas áreas de saúde públicaescolasindústriasspasempresas e administração de serviços de alimentação.

O salário utilizado como referência foi do nutricionista com curso superior. Ele pode ter variações de R$ 1.664,35 e R$ 2.558,53 de acordo com as especializações. 

  1. Farmácia: R$ 3.125,57 mil 

O profissional da área de Farmácia atua no setor produtivo de medicamentos. Sendo assim, o curso bacharelado capacita os alunos para pesquisar, preparar, registrar, distribuir, garantir a qualidade e comercializar medicamentos, cosméticos e produtos de higiene pessoal.

Após a conclusão do curso, é possível trabalhar em farmáciasdrogariasfábricas demedicamentos e cosméticos e laboratórios de análises clínicas.

O valor utilizado refere-se ao farmacêutico formado em curso superior. Em outros níveis de formação ou atuação, o salário pode variar entre R$ 1.209,24 e R$ 5.374,71. 

  1. Biomedicina: R$ 2.481,61 mil 

O segmento de Biomedicina é voltado para a pesquisacausas e tratamentos de doenças humanas. Durante o curso, os alunos aprendem a identificar, classificar e estudar Micro-organismos assim como os medicamentos para combatê-los.

atuação de um profissional de Biomedicina acontece em hospitaislaboratórios e órgãos públicos de saúde.

A média salarial foi baseada no profissional biomédico, mas o salário nessa área pode chegar a R$ 4.258,19. 

  1. Estética: R$ 1.287,43 mil

O profissional de Estética atua para a beleza e bem-estar das pessoas. No curso, técnicas para o tratamento e embelezamento da face, corpo e cabelos são desenvolvidas pelos estudantes.

Dentre as áreas de atuação da área incluem-se salões de belezacentros de estéticaclínicasacademiasSPAsindústrias hotéis.

O salário é referente ao esteticista. Contudo, nessa área as variações são pequenas, entre R$ 1.229,29 e R$ 1.287,43. 

  1. Radiologia: R$ 2.053,87 mi

Radiologia é uma área da saúde que tem como função auxiliar médicos a detectar doenças por meio de imagens das partes internas do organismo. No curso, os alunos são capacitados para operar equipamentos de diagnóstico por imagens.

Após a formação é possível exercer a profissão em hospitaislaboratórios e indústrias,  nas áreas de radiologia veterináriaradioterapia e medicina nuclear.

O salário de referência foi do técnico em Radiologia e Imagenologia, que totalizou 6 milcontratações em 2018, o maior número da área. Os salários podem variar entre R$ 1.343,40 e R$ 2.152,15. 

  1. Odontologia: R$ 4.513,00 mil

O profissional de Odontologia é responsável por estudar e tratar as partes da boca e ossos da face, a fim de promover a saúde bucal. O curso de graduação qualifica os estudantes para restaurar, extrair e limpar dentes, projetar e instalar próteses, realizar cirurgia e tratar doenças da gengiva, bochecha e língua.

atuação do profissional pode ser no serviço público ou em consultórios particulares.

A média salarial utilizada é do profissional formado em Ensino Superior na função de cirurgião clínico geral. Nas demais especialidades, os salários possuem variações de R$ 2.538,76 a R$ 5.219,26. 

  1. Gestão Hospitalar: R$ 5.081,74 mil

Os profissionais de Gestão Hospitalar buscam gerenciar e administrar os sistemas de saúde. No curso, o estudante aprende a manter e a melhorar a infraestrutura do local, planejar e controlar compras e custos e gerenciar recursos humanos.

Com a formação, é possível trabalhar em hospitaislaboratórios clínicosempresas que prestam consultoria na área de saúde e em centros de atenção psicossocial.

A média salarial refere-se ao tecnólogo em Gestão Hospitalar, a única remuneração disponibilizada pelo Caged nesse setor.

Saiba mais sobre a Unincor e conheça também a opinião dos alunos na página de avaliação da universidade.